You are currently viewing Caminho de santiago português pela costa saindo do Porto

Peça-nos uma cotação

    Caminho de santiago português pela costa saindo do Porto

    ✅ 

    O Caminho de Santiago Português pela costa saindo do Porto é uma das opções cada vez mais solicitadas tanto pelos peregrinos que são amantes da natureza quanto por aqueles que desfrutam do patrimônio cultural.

    O itinerário do Caminho Português de Santiago ao longo da costa do Porto é uma mistura de ambientes naturais inesquecíveis e aldeias à beira-mar com um grande patrimônio cultural.

    Durante as 13 etapas e mais de 275 quilômetros de distância que compõem o itinerário você descobrirá lugares espetaculares como a cidade do Porto, Viana do Castelo ou em cidades da Galiza com um patrimônio único, como Vigo ou Pontevedra, antes de chegar ao seu destino final, Santiago de Compostela.

    Sua aventura começa na cidade do Porto, patrimônio da humanidade. Você deixará a cidade e seguirá a bela costa portuguesa, passando por cidades como Póvoa do Varzim, Viana do Castelo e Caminha, antes de chegar à Galiza.

    De Caminha, uma vez cruzado de barco até A Guarda, você continuará ao longo da costa galega até chegar a Redondela, onde se unirá ao Caminho interior ou ao caminho central português até seu destino final, Santiago de Compostela

    Sabemos que você quer desfrutar do Caminho Português de Santiago do Porto pela costa, por isso organizamos tudo para você, o que você diz, você ousa?

    viana do castelo vista
    A Partir de 475€/pax
    • 🛌14 Noites
    • 🥾 13 Etapas
    • 🍂 276 KM

    O que inclui se contratarmos o itinerário?

    • Alojamento.
    • Documentação.
    • Transporte de mochilas.
    • Seguro de viagem.
    • Serviço de assistência telefónica 24 horas por dia (emergências).

    Peça-nos uma cotação

      Etapas

      Sua aventura começa no Porto, uma cidade marcada pelo rio Douro e suas grandes adegas de vinho.

      Porto é uma cidade muito confortável para caminhar e desfrutar de seus bairros elegantes, ruas imponentes e vielas mágicas. Em resumo, um lugar para explorar e descobrir no seu próprio ritmo, especialmente na cidade velha.

      Neste dia, partiremos da cidade do Porto para a vila de Labruge, localizada a pouco mais de 20 km de distância.

      Esta é a primeira etapa do Caminho de santiago português pela costa saindo do Porto, a rota percorre a costa e as margens do Rio Douro, através de rotas com quase nenhuma dificuldade e com uma vista sonhadora do Oceano Atlântico.

      Ao longo da rota costeira, destacam-se lugares como o Farol de São Miguel, listado como Patrimônio de Interesse Público e considerado o primeiro edifício puramente renascentista em Portugal.

      O Castelo de San Juan Bautista, Castelo do Queijo, ou as regiões de Matosinho e Leça de Palmeira também são pontos de interesse ao longo do percurso.

      Esta nova etapa do Caminho de Santiago Português pela costa saindo do Porto a nos leva à cidade de Póvoa de Varzim, conhecida por suas praias arenosas e gastronomia.

      É um itinerário curto e fácil, pois apenas 14 km separam os dois destinos.

      No decorrer desta viagem cruzaremos lugares de interesse como o Castro de Sampaio e as ruínas de um antigo assentamento da Idade do Ferro, assim como a Reserva Ornitológica do Mindelo; a igreja de Santa Maria de Azurara, datada do século XVI e próxima às margens do rio Ave ou a bela cidade de Vila do Conde, entre outras.

      Nesta viagem entre Póvoa de Varzim e Marinhas, passaremos por uma grande variedade de paisagens, desde alguns belos calçadões, passarelas de madeira e praias, até outras áreas de estrada mais para o interior.

      Um dos destaques da rota é o Farol de Esposende, um dos poucos exemplos de faróis com estrutura metálica em Portugal.

      Também de interesse é o Forte de São João Baptista de Esposende, uma grande fortaleza construída entre 1699 e 1704 em Marinhas, durante o reinado de Pedro II de Portugal.

      A etapa entre Marinhas e Viana do Castelo parte do resto dos itinerários ao longo da costa para seguir em direção aos vales dos rios Neiva e Liva, deixando-nos com algumas das mais belas paisagens de todo o percurso. 

      Os principais pontos de interesse histórico e cultural durante esta etapa se encontram na monumental cidade de Viana do Castelo.

      Antes de entrar neste destino, uma parada obrigatória é o antigo mosteiro beneditino de São Romão de Neiva, originalmente do século XI e reconstruído durante o século XVII.

      Uma vez em Viana do Castelo, a Ponte Eiffel sobre o Rio Lima, a Praça da República e sua grande fonte, a Casa das Varandas, a catedral gótica e a biblioteca municipal, assim como o morro de Santa Luzia e a basílica do Sagrado Coração são lugares essenciais para parar no final desta etapa.

      Nesta sexta etapa entre Viana do Castelo e Caminha, alcançaremos a fronteira entre Portugal e Espanha no auge da Galiza, depois de percorrer cerca de 26,8 km.

      No início do dia, teremos que decidir se devemos seguir a rota oficial ou fazer um pequeno desvio em direção à costa para continuar a rota com vista para o Oceano Atlântico.

      Em ambos os casos, o destino final da etapa será na bela vila de pescadores de Caminha, onde se destaca a Torre do Relógio, o único portão sobrevivente da antiga muralha medieval.

      Outros pontos de interesse são a igreja da Misericórdia, com sua fachada renascentista e seu interior barroco, e a igreja principal de Nossa Senhora da Assunção.

      Hoje no Caminho Português de Santiago ao longo da costa saindo do Porto, depois de atravessar o rio Minho, finalmente entraremos em território galego. Nesta etapa, a saída de Caminha será por meio de uma curta travessia no barco dos peregrinos “Xacobeo Transfer” (o bilhete custa 6 euros por pessoa, com um suplemento de 2 euros no caso de trazer bicicletas).

      Neste ponto, as paisagens selvagens e acidentadas do litoral galego oferecem aos peregrinos vistas panorâmicas maravilhosas dos arredores das Rias Baixas.

      No caminho para Mougás encontraremos vários lugares de grande interesse, como a montanha de Santa Tegra e seu castro que remonta ao século IV a.C.; a vila de pescadores de A Guarda e seu legado histórico-indígena; ou o imponente mosteiro de Santa Maria de Oia, localizado à beira-mar e construído por volta do século XII.

      Na etapa entre Mougás e Ramallosa, caminharemos entre belas paisagens de mar e montanha por cerca de 16 quilômetros. Durante esta etapa também passaremos pelos municípios de Oia, Baiona e Nigrán

      Durante este percurso, teremos a oportunidade de descobrir a cidade de Baiona e caminhar por seu antigo bairro (declarado um Local de Interesse Histórico e Artístico).

      Também é interessante fazer uma parada no Castelo de Monterréal ou na réplica de La Pinta e seu museu flutuante. Uma vez deixada esta cidade turística, alguns pontos de interesse do palco são a ponte românica, que separa Baiona e Nigrán e dá lugar a um grande pântano; assim como a igreja e o pazo de Cadaval na paróquia de Santa Cristina de A Ramallosa.

      Esta etapa entre Ramallosa e Vigo é outra que oferece duas alternativas para continuar o histórico Caminho Português de Santiago.

      No início do dia, após atravessar a ponte românica de A Ramallosa, você terá que escolher entre seguir a rota oficial com setas amarelas ou fazer um desvio para a esquerda e continuar ao longo da rota costeira, indicada com setas verdes.

      Nesta variante costeira, iremos ao longo das belas praias da cidade de Olívica e sempre com vista para as Ilhas Cíes. Ao chegarmos ao final do palco, em Vigo podemos caminhar por suas ruas centrais, praças e símbolos, como a Porta do Sol, a Sireno ou a planta escultórica do Dinoseto.

      Uma orografia suave e poucas encostas caracterizam o percurso de cerca de 23,3 km que separa Vigo e Redondela. Esta é também a última etapa do Caminho Português de Santiago ao longo da costa, antes de se conectar novamente com o Caminho Central Português que deixamos para trás no Porto.

      Antes de chegar em Redondela, vale a pena fazer uma parada na igreja de San Andrés de Cedeira, um belo templo barroco com uma cruz latina datada do século XVIII. 

      Uma vez no destino final do dia, nossa visita nos levará ao convento de Vilavella, aos Jardins de Alameda e à Casa de la Torre, assim como ao viaduto Pedro Floriani, também conhecido como viaduto Madrid-Redondela.

      Neste dia semi-urbano deixaremos Redondela seguindo a rota da antiga estrada romana via XIX, que ligava Braga com Lugo e Astorga. No total, quase 20 quilômetros para chegar à milenar cidade de Pontevedra, um verdadeiro paraíso para os pedestres.

      Na entrada da Boa Vila, destaca-se o caminho do rio Gafos, e no interior da cidade, a igreja da Virgem Peregrina e a Basílica de Santa Maria la Mayor representam duas das mais importantes jóias históricas e arquitetônicas da região.

      O centro histórico de Pontevedra, com suas praças e ruas estreitas, vale bem a pena um passeio tranqüilo.

      Deixamos para trás a histórica cidade de Pontevedra e nos dirigimos ao interior da província, até chegarmos à vila térmica de Caldas de Reis.

      Antes de chegar ao final da etapa, nesta seção do Caminho dos Peregrinos para Santiago de Compostela podemos fazer um pequeno desvio, de cerca de 200 metros, para visitar o Parque Natural da Ría Barosa, um belo cenário de cachoeiras e moinhos de água.

      Uma vez em Caldas de Reis destacamos a ponte romana sobre o rio Bermaña, a fonte de Burgas, o lavadouro público com águas termais e a Plaza de las Palmeras, onde se encontra a igreja de Santo Tomás Becket, a única igreja que venera este santo em toda a Galiza.

      Neste penúltimo dia do Caminho Português de Santiago do Porto ao longo da costa, mudamos de província em Pontecesures, atravessando a ponte romana sobre o rio Ulla.

      No caminho de Caldas de Reis, avançaremos através de paisagens arborizadas e pequenas vilas de essência jacobeia.

      Um dos lugares mais tradicionais é Padrón, uma cidade famosa por suas pimentas (originalmente da aldeia de Herbón) e de grande interesse cultural.

      A igreja de Santiago de Padrón se destaca neste município, um templo neoclássico que conserva sob seu altar principal a relíquia do Pedrón, a rocha que, segundo a lenda, sustentava o barco que trouxe o Apóstolo à Galiza.

      Neste último dia do Caminho Português de Santiago pela costa, quase 25 km separam Padrón de Santiago de Compostela, a última e mais especial etapa desta grande experiência do Porto.

      Antes de avançarmos para Santiago de Compostela, faremos um desvio para Iria Flavia para ver sua bela igreja colegial, considerada a primeira catedral galega; assim como o cemitério de Adina, onde repousa o Prêmio Nobel Camilo José Cela.

      Depois de passar pelos municípios de Teo e Ames, e depois de chegar a Milladoiro, onde os antigos peregrinos já podiam ver os sinos da catedral de Santiago de Compostela, avançaremos em direção à imponente Plaza del Obradoiro para pôr fim à aventura do Caminho Português de Santiago a partir Oporto, ao longo da costa.

      Objetivo alcançado!

      Serviços Opcionais

      • Suplemento para quarto individual.
      • O café da manhã.
      • Jantar.
      • Transferência para o ponto de partida.
      • Transferência para o aeroporto.
      Perguntas mais freqüentes

      O Caminho saindo de Porto pode ser feito normalmente  em 13 etapas . Ela consiste em 276 km.

      Os locais onde a credencial pode ser carimbada são igrejas, postos de turismo ou albergues.

      O Caminho de Santiago Português geralmente começa em Lisboa, Porto ou Tui. De Lisboa são 24 etapas e 625 km enquanto que do Porto são cerca de 280 km divididos em 14 etapas.

      você também pode estar interessado em

      muralla romana lugo 1
      Caminho Primitivo desde Lugo
      ruta piedra agua senalizacion 2
      Rota do Padre Sarmiento
      torres vikingas catoira 1
      Caminho Português Variante Espiritual
      Ferrol puerto 2
      Caminho inglês desde Ferrol